Não se apega não, vai

Leia ao som de:

Se eu pudesse te prender
Dominar seus sentimentos
Controlar seus passos
Ler sua agenda e pensamento
Mas meu frágil coração
Acelera o batimento
E faz turu, turu, turu, turu, turu, turu, tu”

To do list 2017: dar maturidade ao meu coração de menina apaixonada.

Confesso que estou vivendo um bocado de ansiedade, mas sei que preciso de sossego. É aquela carta que não chega, aquela ligação que não recebo, aquele encontro que não acontece e aquela resposta que não enxergo. Todas essas coisas, tem me tirado o sono e me feito cobrar de pessoas – que estão por fora da situação e não tem nada com isso.

A dúvida de saber se algo vai dar certo atrapalha toda nossa maturidade emocional.

Por muito tempo eu procurei motivos e idealizei sentimentos em sorrisos bonitos, boys de 1,90m, com covinhas na bochechas, barbas bem feitas e olhos verdes. Por tanto tempo eu me deixei levar pelo o que eu queria viver – e pela expectativa que criei em cima dessas pessoas, que só eram, sei lá, legais ou atenciosas comigo. Mas nunca quiseram me amar (se dedicar) de verdade.

Faz parte do processo de maturidade emocional falar em desapego. Na verdade, o certo nem seria desapegar, mas sim, NÃO SE APEGAR desde o primeiro momento.

Mas é importante destacar – e eu mesma preciso estar ciente – de que eu sou um tipo de pessoa intensa – e eu tenho pressa. Tudo o que eu vou viver eu gosto de viver muito! Se for pra ser amorzinho, que haja cumplicidade mesmo estando separados no momento. Se for pra ficar junto, eu cuido, dou atenção, coloco na frente de várias outras prioridades. Não nego carinho, zelo, muitos poemas cafonas, músicas fofinhas, beijos lentos e macios – outras vezes beijos quentes e envolventes.

Sou do tipo que quer as coisas por inteiro e pra valer, sou precisa e nada fria. Vim ao mundo pra viver de amor. Sou morada de bons sentimentos, bons fluidos e pensamentos.

Mas eu preciso que você entenda que os dias não tem sido fáceis. Não tem sido fácil me segurar pra não gostar de você. Mas eu juro que vou tentar não me apegar – e não criar expectativas.

Se eu não conseguir, eu juro, caio fora – você nem vai perceber.

TIAGO IORC & Sandy – Quando Você Passa (Turu Turu)

Como superar essa performance de "Quando Você Passa (Turu Turu)" do Tiago Iorc com a Sandy? <3"Esse turu,turu,turu aqui dentro, que faz turu, turu, quando você passa"

Posted by Tiago Iorc Online on Saturday, February 4, 2017

Comente

Comentários

Uma designer mineira, 26 anos, podem me chamar de Mica. Luto contra eu mesma todos os dias. Às vezes ganho, às vezes perco… mas não desisto. Esperem de mim um bocado de textos sobre arte, flores, fé, receitas de bolo, amores e mimimi.