A sensibilidade de Rute

Imagine a cena: uma sogra que perde o marido e os filhos e agora ela tem somente duas noras para ficar com ela, mas, ambas as noras tinha o direito de voltar para suas famílias e recomeçar a vida.

Hoje quero falar um pouco mais com vocês sobre a história de Rute. Sempre visualizei Rute como uma mulher muito fiel e guerreira, porém somente agora vi o quanto ela era sensível.

Rute agora tinha apenas sua sogra Noemi(ao qual perdeu os filhos e o marido), e sua cunhada Orfa. Orfa e Rute não eram obrigadas a ficar com Noemi, pelo contrário, quando essas situações aconteciam a pessoa voltava para o seu lar de onde saiu. Foi o que Orfa fez quando Noemi falou com elas. Noemi não ficou surpresa com a atitude de Orfa, pois aquilo era o que deveria acontecer; na verdade ela se surpreendeu com a atitude de Rute. Rute realmente quis seguir adiante com sua sogra, ela não queria voltar atrás, pois sentiu o quanto sua sogra precisaria dela. Naquele momento ela só pensava em Noemi. A dor de Rute também era tamanha, afinal, tinha perdido seu marido e na cabeça dela não encontraria mais outro marido, mas ela queria ajudar Noemi de alguma forma, servir para todo sempre ao Deus de sua sogra, ir onde ela fosse e recomeçar sua vida na cidade em que a sogra morava.

Chegando lá, Rute faz todo o trabalho pois sua sogra já era de idade, e ela com o coração tão aberto quis fazer isso por ela. O que ela NUNCA imaginava é que um dia iria se casar com um homem chamado Boaz ao qual era um dos homens mais respeitados da região, e muito menos imaginaria que a descendência dela teria  o rei Davi e anos depois JESUS.

Por muitos anos eu perguntei para Deus o porque que Ele me fez uma mulher sensível, pois, nos vivemos em uma geração totalmente ao contrário, e eu me sentia um peixinho fora do aquário. O que eu não sabia e vim entender mais adiante é que até essa sensibilidade tinha um propósito.

Precisamos ser mais sensíveis não somente a nós, pois o reino é para servir ao próximo, é para amar ao próximo como a nós mesmos. E para isso, devemos ter essa sensibilidade que Rute teve, não em troca de algo, mas somente por amor. Quando somos sensíveis, aí sim conseguimos entender o verdadeiro significado do amor. 

Pense e viva o amor de uma forma simples  e aí você encontrara a sensibilidade. Veja tuas escolhas que você fez na vida e veja se há amor.

assinatura-jes-300x98-300x98

Comente

Comentários

Tenho 26 anos. Sou do interior de Minas Gerais. Graduada em Administração e congrego na igreja Sal da Terra de Ituiutaba. Apesar do meu universo com a ADM, sempre gostei de tudo que envolve artes: música, moda, leitura… Gosto muito do simples. Falar com atitudes, se expressar com olhares. Que eu possa ser um instrumento de Deus na vida de vocês e vocês na minha.