O pensamento


“Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.” – Tiago 1:14-15.

Cobiça: Desejo veemente de conseguir alguma coisa.

Essa passagem é uma das minhas passagens preferidas. Primeiro porque venho passando por lutas diárias para me manter longe do pecado. É fato que todo mundo passa por isso, todos os dias, mas eu, tenho prestado bastante atenção nisto ultimamente, e fugido com toda a força que Deus me dá.
Como diz Tiago, ‘cada um é tentado conforme a própria cobiça’, ou seja, cada pessoa é tentada pelas coisas as quais elas mais querem. Alguns têm dificuldade em dizer a verdade, estas são tentadas a mentir. Alguns são tentadas, pela gula, preguiça ou vaidade. E isso vai muito além dos ‘pecados capitais’, pessoas são tentadas pela pornografia, por cometer crimes ou simplesmente por enganar as pessoas. 
Quando um mau pensamento invade a nossa mente, ele tende a descer ao nosso coração, por isso é importante recitar um versículo ou cantar uma música cristã imediatamente após pensamentos pecaminosos, a fim de eliminarmos pela raiz, algo que cresce muito rápido e poderá se tornar um pecado consumado.
Devemos tomar cuidado com aquilo que desperta os nossos pensamentos.

Todo pecado começa com o pensamento. É muito importante estarmos atentos quanto ao que estamos pensando, e mais do que isto, observar sempre quais são as coisas que interferem e ocupam nossa cabeça.

Então, se você é está sendo tentada a pecar em alguma coisa, seja lá o que for, saiba que você não está sozinha nessa luta! Deus diz para não enfrentarmos a nossa carne, mas fugirmos. Pois, a carne é falha. Sendo assim, passe a observar tudo o que desperta a sua cobiça e fuja!
Mas fuja mesmo! Sem olhar pra trás só saia correndo. Quando Jesus disse: “Por isso, se tua mão ou teu pé te fazem cair em pecado, corta-os e lança-os longe de ti: é melhor para ti entrares na vida coxo ou manco que, tendo dois pés e duas mãos, seres lançado no fogo eterno.” Mateus 18:8, por mais que possamos não interpretar esse versículo literalmente, podemos ter uma ideia do preço alto que vamos pagar se não eliminarmos pela raiz os nossos pecados.

Não se esqueçam dessa promessa: “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar.” 1 Coríntios 10:13.

Deus é fiel! Ele sabe e conhece os nossos limites mais do que a nós mesmos, então quando nos pegamos mergulhados no pecado, lá no fundo do poço, creia! 

“Quando pensamos estar no fundo do poço, assim como Jeremias, é que podemos contemplar a graça de Deus em nossas vidas. Cada adversidade que passamos nos deixa mais fortes e preparados para o que está por vir. E nesses momentos de aflição e solidão, Deus está sempre conosco.”

Lembrem-se você não está sozinho!

Comente

Comentários