Feliz dia do fessô!

Eu me lembro de você, fessô! Me lembro de todos vocês, desde a tia do Jardim de infância até os mestres da universidade. Os primeiros professores aqueles que são como uma segunda mãe. Nos ensinam a ler e escrever com tanta paciência e amor. Já os da escola nos ensinam muito mais do que fórmulas Bhaskara e orações subordinadas. Vocês nos ensinam sobre a esperança do futuro, sobre as nossas relações do dia a dia e como ser um ser humano. Os do colégio nos fazem focar no vestibular e em escolher uma carreira, época que mais temos que ralar! Difícil demais! Mas vocês acreditam em nós, e nos fazem querer tentar. Se não certo, esperamos até o ano que vem, só pra tentar de novo! E quando passamos vocês comemoram conosco, se alegrando em ver o seu aluno seguindo um caminho do bem. E os professores do terceiro grau, mestres, doutores, os caras! Nosso espelho e inspiração! 
O JS gostaria de agradecer a todos que de alguma forma nos ajudaram a chegar até aqui! Seja aquela primeira tia do primeiro dia de aula na escolinha ou na creche, foram vocês que plantaram uma sementinha dentro de nós, e agora estamos crescendo e florescendo.
E como se cantava na minha escolinha de infância, que se chamava: “A Sementinha”: “e a sementinha que hoje plantar vai nascer, vai crescer e vai viver, que bom!”
Nosso sincero muito obrigada, em nome da equipe Jornalista de Saia, por nunca terem desistido de mim, de nós! Mesmo sabendo que eu nunca fui boa em matemática hahahaha. Obrigada por me fazerem ralar duro pra passar nessas matérias chatas, e aprender bastante coisa.
Vocês são os melhores mestres linguiças!
Saudades de vocês fessôres! <3
Uma homenagem a tia Adriana (minha primeira professora), e também as tias do Jardim de infância, da Pré escola, da escola, do colegial, da Publicidade, do cursinho, do inglês, da natação, do piano, do violão, da guitarra, do órgão, do teclado, da teoria de música, das aulas artes plásticas e de todos os cursos que eu já fiz na vida e nem me lembro mais! 




Comente

Comentários